Ranking Internacional dos Clubes Brasileiros

Depois do ranking geral dos clubes brasileiros, com o São Paulo como líder, e do ranking nacional, pontuado pelo Palmeiras, é hora de apresentar a classificação histórica das equipes nacionais levando em conta apenas os torneios internacionais.

Fazem parte da contabilização todos os campeonatos além-fronteiras disputados pelos tupiniquins. O de maior pontuação é o Mundial de Clubes, que oferece 60 pontos ao campeão. Dadas as características desse torneio, que facilitam a chegada dos times europeus e sulamericanos à final – torcedores do Internacional que não me leiam – não são concedidos pontos ao vice.

Os demais torneios considerados são a Libertadores (50 pontos ao campeão, 25 ao vice), Copa Sulamericana, Supercopa dos Campeões da Libertadores, Copa Mercosul (todos com 30 pontos ao campeão e 15 ao vice), Copa Conmebol (20 pontos ao campeão, 10 ao vice) e Recopa Sulamericana (20 pontos ao vencedor).

O São Paulo, com três Mundiais, três Libertadores, duas Recopas, uma Supercopa e uma Conmebol, domina a classificação, com 510 pontos, 230 à frente do vice-líder Cruzeiro, campeão mundial, bi da Libertadores e da Supercopa e campeão da Recopa. O impressionante desempenho tricolor nos certames internacionais é o que tem garantido a liderança dos paulistas no ranking geral.

Santos, Internacional e Grêmio aparecem logo atrás dos celestes mineiros, numa acirrada disputa, com apenas 45 pontos separando o 2º do 5º colocado. Entre eles, merece destaque o Colorado, que, até 2006, tinha apenas os pontos de um vice da Libertadores e, desde então, colecionou duas Libertadores, uma Recopa, uma Sulamericana e um Mundial.

Mais atrás, aparecem Flamengo e Palmeiras, ambos com 185 pontos. Outros nove times conseguiram pelo menos um vice internacional e aparecem na lista. Destaque para o Goiás, mais novo integrante do grupo, com o vice da Sulamericana deste ano, e para o CSA, de Alagoas, vice-campeão da Conmebol de 1999.

Confiram a classificação completa.

 

Anúncios

Sobre Thiago B. Ribeiro
Thiago Barros Ribeiro tem 32 anos, é paulistano, sampaulino e, segundo as boas e más línguas, quase insuportavelmente chato. Mestre em Economia por formação, gestor público por profissão, metido a besta em esportes por paixão.

7 Responses to Ranking Internacional dos Clubes Brasileiros

  1. andre bastos says:

    perfeito… só não entendi porque a Mercosul vale mais que a Conmebol… na verdade não me lembro: havia critério de classificação pra Mercosul ou era convite, como na Conmebol?

    • As competições da Confederação Sulamericana primam pela bagunça. A Supercopa foi criada em 1988 e existiu até 1997 como o segundo torneio em importância, depois da Libertadores. Os participantes eram apenas e sempre os campeões da Libertadores. A Conmebol surgiu em 1992 e foi até 1999. Inicialmente, deveria ser o equivalente sulamericano à Copa da UEFA, contando com os melhores times de cada país, excluídos os classificados para a Libertadores. Porém, ao contrário da Supercopa, a Conmebol nunca “pegou”, terminando totalmente desprestigiada. Algumas confederações nacionais, como a brasileira, acabaram usando a participação no torneio como moeda de troca política para a manutenção de seus mandatários. A Mercosul apareceu em 1998, substituindo a Supercopa e herdando dela o papel de segundo torneio mais importante do subcontinente. Foi disputada até 2001 e os times eram basicamente os mesmos da Supercopa, porém com espaço para a entrada de equipes grandes sem conquistas de Libertadores, posto que os participantes eram escolhidos pela TV patrocinadora do torneio. Feliz e finalmente, em 2002 a Copa Sulamericana surgiu para assumir a posição de segundo torneio mais importante da América do Sul, tomando o lugar da Supercopa/Mercosul, mas com critérios técnicos de classificação, como prezava originalmente a Conmebol.
      Ufa!

  2. andre says:

    thiago… você viu a recontagem que a Folha fez do seu ranking? tem algumas mudanças significativas… tem um link aqui: http://campeoesdofutebol.com.br/ranking-da-folha-2010/ abraços

    • André, foi o ranking da Folha, mais especificamente o descontentamento com ele, que me fez desenvolver o ranking próprio. Dentre as críticas, as principais:
      1. Vejo uma sobrevalorização geral dos vices. O caso mais gritante é o dos estaduais de SP e do RJ, em que o segundo colocado recebe nada menos que 70%(!) dos pontos do campeão.
      2. Além da sobrevalorização, há uma clara distorção no peso de cada vice. O vice brasileiro, por exemplo, recebe 60% dos pontos do campeão. Ora, qual o sentido de o vice brasileiro receber, proporcionalmente, menos pontos do que o vice paulista ou carioca?
      3. O ranking não considera qualquer item relacionado à produtividade dos clubes, o que prejudica, nos estaduais, os mais jovens, como Bahia, Cruzeiro, São Paulo etc.
      4. O ranking dá 25 pontos ao vice campeão do Mundial de Clubes, mesma pontuação do campeão brasileiro. Mas, para ser vice mundial, basta vencer um jogo contra, no máximo, um clube mexicano. Parece razoável?
      5. O ranking iguala a pontuação de praticamente todos os estaduais, diferenciando apenas o paulista e o carioca. Historicamente, paulista e carioca devem ser diferenciados, bem como mineiro e gaúcho dos demais.

      Por essas e outras, resolvi fazer e fico com o Ranking aqui do Coisas Mais. Longe de estar livre de pontos a serem melhorados, mas certamente com distorções minimizadas.

      De toda forma, valeu pelo toque. Servirá como fonte adicional de informação para a contabilização histórica das conquistas.

      Grande abraço.

  3. Luan Miranda says:

    Sem noção o ranking ^^
    http://www.futebol365.pt/rankings/iffhs/default.asp

    Ranking real pela IFFHS (Federação Internacional de História e Estatística do Futebol)

    Junho de 2011 ^^

    Santos em primeiro, Vasco é o segundo brasileiro.
    Flamengo é o Pior do Rio. Sem mais
    :*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: