Bolão na reta final: as chances de cada um

Passados 62 dos 64 jogos da Copa, apenas uma coisa já está definida no bolão. Aconteça o que acontecer, ninguém mais tira a lanterna de Marcelo Cerri, com seus 697 pontos. Para quem acertou em cheio o primeiro placar do torneio, entre África do Sul e México, deve ser, no mínimo, frustrante.

Na parte de cima – e um pouco mais honrosa – da tabela, seis apostadores ainda têm chances de premiação e três de serem campeões. Após um árduo trabalho de construção de todos os cenários possíveis para os jogos de sábado e domingo, vem abaixo quem são eles e um resumo das chances de cada um.

1. Thiago Ribeiro

Entro na reta final como favorito. Depois de um bom começo, que chegou a significar a liderança na segunda rodada, errei 6 dos 16 classificados para as oitavas e terminei a primeira fase em 20º. A partir daí, o desempenho foi quase perfeito: de todos os classificados das fases seguintes, errei apenas a Alemanha nas semis. O resultado foi a liderança e a folga de 85 pontos para o 2º colocado. Os palpites que ainda podem engordar minha pontuação são Espanha campeã, Holanda em segundo, Alemanha em terceiro e David Villa artilheiro. Com isso, sou o único que já garantiu uma posição no pódio, qualquer que seja a combinação de resultados. Serei campeão se:

a) A Espanha for campeã;

b) A Holanda for campeã e Villa for artilheiro.

2. Fábio Corrêa

O Fabinho teve um início discreto. Começou a aparecer a partir da terceira rodada, quando acertou boa parte dos classificados para as oitavas, terminando a primeira fase em 9º. Na fase final, os resultados que mais prejudicaram foram os de Estados Unidos x Gana e de Holanda x Brasil. Foi dos poucos a acertar a Alemanha passando pela Argentina, o que lhe garantiu a segunda posição atual, com 1.296 pontos. Os palpites que o favorecem na reta final são Espanha em segundo, Alemanha em terceiro e Uruguai em quarto.

Existe uma possibilidade de ser campeão, que é a Holanda superar a Espanha, o mesmo acontecendo com a Alemanha diante do Uruguai e, ainda, David Villa não terminar como o goleador do Mundial. Por outro lado, se o Uruguai ficar em terceiro, ficará fora do pódio.

3. Maurice Gremaud

O Maurice, pai do grande professor Amaury Gremaud, começou a se destacar e dar umas bicadas no pódio já na segunda rodada. Manteve-se relativamente constante ao longo do jogo, terminando a primeira fase em 2º lugar. Chegou à liderança ao acertar o resultado de Estados Unidos x Gana e saiu dela por apostar que a Argentina chegaria até a final. Contudo, a aposta certeira na Holanda o manteve em terceiro até aqui e ainda abre a possibilidade de título.

Será campeão no domingo se acontecer a seguinte situação: Holanda campeã, com o Uruguai em terceiro e David Villa fora da artilharia. Porém, se Casillas erguer o primeiro título espanhol, não conseguirá nem um lugarzinho entre os três melhores.

4. Ramón Fernandez

Professor Ramón foi, de longe, o apostador que mais passeou pela tabela de classificação ao longo da Copa. Terminou o primeiro dia na liderança, tendo cravado os dois placares, mas, a partir daí, colecionou uma série incrível de reveses que o levou à lanterna, depois que Estados Unidos e Inglaterra se classificaram no Grupo C. Encerrou a primeira fase em 39º e protagonizou, na fase final, a recuperação mais impressionante entre todos os jogadores.

Não pode, pela combinação de resultados e apostas, terminar como campeão, mas basta a Espanha sagrar-se campeã para garantir a segunda colocação. Em via oposta, se der Holanda, despede-se de qualquer chance.

5. Rafael de Cicco

Com um início não mais que apagado, o Rafael começou a mostrar a cara na terceira rodada, cravando a maioria dos classificados para as oitavas. Terminou, com isso, a primeira fase em 8º. Na etapa decisiva, apresentou um desempenho regular, errando logo de cara os resultados de Estados Unidos x Gana e de Alemanha x Inglaterra, e recuperando-se com o acerto das classificações holandesa e espanhola à decisão. Chega à reta final em 10º lugar e é quem pode dar o maior salto no último suspiro.

Não alcança mais a liderança, mas pode terminar em segundo ou terceiro. Se a Holanda for campeã, o Uruguai terminar em terceiro e David Villa não for o artilheiro, fica em segundo desde que faça pelo menos 12 pontos com o resultado da final, entre Holanda e Espanha. Se essa combinação entre as seleções se mantiver, mas não fizer os 12 pontos no jogo final ou Villa for o artilheiro, fecha o bolão em terceiro. Qualquer outra combinação tira Cicco do pódio.

6. Persio Bosquetti

Persio ia razoavelmente bem no bolão até que apostou na Coreia do Sul contra a Argentina e se viu num mergulho profundo. Conseguiu ainda se recuperar razoavelmente na primeira fase, chegando a beliscar o pódio e encerrando-a em 12º lugar. Na fase final, não foi brilhante, errando os resultados de Estados Unidos x Gana, Holanda x Brasil e de Argentina x Alemanha,  mas conseguiu se manter com chances graças às apostas na Espanha campeã e na Alemanha em quarto.

Pode chegar à terceira posição, e no máximo até ela, se a Espanha for a campeã e o Uruguai, o terceiro colocado. Qualquer outro desfecho deixa Persio fora do pódio.

***

É importante, por fim, frisar dois pontos:

(i) felizmente, nenhuma das poucas punições ocorridas ao longo do bolão terá qualquer efeito no resultado final da disputa. Todos os apostadores punidos não teriam chances de chegar entre os três primeiros mesmo sem nenhum ponto descontado;

(ii) a fórmula de disputa do jogo se mostra absolutamente exitosa. Sempre haverá os que discordem, vislumbrando um desempenho próprio possivelmente melhor em caso de mais ou menos períodos para revisões nos palpites, por exemplo. Fato, contudo, é que essa fórmula foi capaz de atingir os seus objetivos: permitiu aos apostadores revisarem as apostas depois de conhecerem o desempenho real de cada equipe na Copa, juntando, pois, os aspectos sorte e competência; possibilitou grandes reviravoltas ao longo da disputa, exemplificadas especialmente pelo professor Ramón; e, em linha com o espírito da Copa, foi deixando alguns pelo caminho, mas chega ao final ainda cheia de emoção. Por tudo isso, e por mais que sejam avaliadas todas as eventuais mudanças sugeridas, o modelo de 2010 já sai como favorito à reeleição em 2014.

Sobre Thiago B. Ribeiro
Thiago Barros Ribeiro tem 32 anos, é paulistano, sampaulino e, segundo as boas e más línguas, quase insuportavelmente chato. Mestre em Economia por formação, gestor público por profissão, metido a besta em esportes por paixão.

4 Responses to Bolão na reta final: as chances de cada um

  1. Paulo Furquim says:

    Thiagão,
    Beleza de análise! Já tinha proposto pagar uma rodada de chopp para o organizador do bolão; proposta mantida! A qualidade do bolão foi inversamente a de meus palpites: excelente. Agora vamos dar oportunidade também ao vencedor do bolão demostrar igualmente a sua generosidade (rsrs).
    E dá-lhe Espanha!
    Abraços
    Paulo

  2. Isnardo says:

    Muito bacana esta análise, assim como toda a organização do bolão. Ainda acho que mais oportunidades de revisão na fase final seriam interessantes, por permitir que todos continuassem apostando e torcendo em todas as partidas até a final. Mas reconheço que o formato atual mostra-se bastante emocionante e favorável aos verdadeiros entendedores de futebol, o que se comprova pela sua presença e a do Prof. Ramón entre os líderes e a presença de pernetas como o Urso na parte de baixo da tabela.

    Espero que a Espanha levante a taça para que, assim, eu tenha alguma chance de terminar no Top 10, o que já seria uma honraria para mim.

    • Urso says:

      Ressalte-se o faro apurado de nosso amigo Rafael de Cicco, que não teve pudor em abandonar sua querida Inglaterra ao final da primeira fase. Boa troca!

  3. Nilim says:

    Acho um absurdo o vencedor do bolão ser o organizador…quero impugnar o resultado! rsrs
    Brincadeira, Thiaguim…parabéns pela organização, atualizações e qualidade dos textos. Realmente esta copa foi diferente por ter participado do seu Bolão.
    A partir de agora, vou chamá-lo de Polvo Thiago

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: