Dinamarca 2 x 1 Camarões

Camarões não jogou para perder. Mas pagou caro por perder tantas chances de gols no primeiro tempo, quando a defesa dinamarquesa deu pelo menos três de bandeja e apenas um foi aproveitado.

A Dinamarca se valeu da excelente atuação de Rommedahl, que comandou o time, segurando a bola quando necessário, fazendo o passe para o gol de empate e anotando, ele mesmo, o da vitória. Agora, os nórdicos precisam vencer os japoneses para se classificar. Têm mais time, mas terão de furar o bloqueio nipônico.

Camarões é a primeira seleção eliminada e a segunda a passar os dois primeiros jogos sem ponto. A primeira foi a Nigéria. Tem também a África do Sul e a Argélia, virtualmente eliminadas. Pobre África.

No bolão, sete apostadores fizeram a pontuação máxima. Os dois destaques foram Carlão, que voltou à segunda posição, e Persio, que acertou o segundo placar seguido e chegou a sexto.

Anúncios

Austrália 1 x 1 Gana

A Austrália mostrou que o risível futebol apresentado na estreia, contra a Alemanha, não corresponde à realidade de sua equipe. Contra Gana, dominava e já vencia o jogo antes dos 15 minutos. Tinha tudo para continuar assim, até que o braço de Kewell na bola, dentro da área, determinou o empate, sua expulsão e mudou o rumo do jogo.

O resultado praticamente elimina os australianos. Já os ganenses, embora saiam de campo como líderes do Grupo D após as duas primeiras rodadas, podem acabar fora da próxima fase caso não consigam segurar a Alemanha, a quem somente a vitória interessará no confronto entre eles, na próxima quarta-feira.

No bolão, temos novo líder. Eu, que ao lado do Persio, fomos os únicos a acertar o placar em cheio. Depois de uma semana na liderança, David passou à segunda posição.

Holanda 1 x 0 Japão

A Holanda é a segunda seleção a conseguir passar sem perder pontos pelas duas primeiras rodadas. Ao contrário do que muitos esperavam, não está encantando, com o velho futebol tão ofensivo quanto desprotegido. Desta vez, apresenta um jogo muito mais cadenciado, focado não em ser alegre e alegrar, mas em vencer. Por enquanto, conseguiu, embora Dinamarca e Japão não possam ser considerados testes reais.

Japão que, considerando todas as limitações técnicas, é uma das boas surpresas da Copa. Tem apresentado uma defesa muito mais sólida do que se imaginava e, nas poucas vezes em que se aventura ao ataque, consegue oferecer perigo aos rivais. Assim venceu Camarões, não esteve longe de marcar na Holanda e tem grandes possibilidades de se classificar contra a Dinamarca.

No bolão, apenas o Francis acertou o placar em cheio e voltou a ficar próximo do Top 3. A maioria fez 12 pontos, acertando o  resultado e errando o placar.